OS HERÓIS DOS BARRACÕES

A Mangueira conquistou o título do Carnaval de 2019 com a história de personagens invisibilizados nos relatos oficiais do Brasil. Aydano André Motta narra, no #Colabora, quem foram essas figuras fundamentais. O Brasil excluído dos livros passou em verde e rosa no … Continuar lendo OS HERÓIS DOS BARRACÕES

“Ao brincar, as crianças entram em contato consigo mesmas e com o mundo”

Em entrevista, Renata Mirelles critica o excesso de atividades de algumas crianças e a falta de tempo para brincar ANA LUIZA BASILIO “O que me move é o encanto”. É dessa maneira que a educadora Renata Meirelles fala sobre sua … Continuar lendo “Ao brincar, as crianças entram em contato consigo mesmas e com o mundo”

A MANGUEIRA É UMA ESCOLA

Escola de Samba – expressão surgida no final dos anos 20 do século passado – designava a princípio agrupamentos que basicamente pretendiam mostrar, ao conjunto da sociedade, o ritmo, a variedade de instrumentos, os textos e a coreografia do novo … Continuar lendo A MANGUEIRA É UMA ESCOLA

Trilhas Griô na Chapada Diamantina: as paisagens coloridas pelo contato humano

Por Gustavo A Chapada Dimantina é um dos destinos mais incríveis do Brasil. O relevo recortado por morros, cachoeiras, grutas também é um mosaico de cultura e saberes: na região, existem comunidades quilombolas, histórias dos mineradores de diamante, moradores que se instalaram … Continuar lendo Trilhas Griô na Chapada Diamantina: as paisagens coloridas pelo contato humano

Griôs mantém vivas as histórias da África

Natalia da Luz – Por dentro da África Rio – Eles são os porta-vozes da história e cultura de regiões onde as palavras contadas criam os valores e a identidade de um povo. Respeitados pelas sociedades africanas, os  griots mantêm vivos os … Continuar lendo Griôs mantém vivas as histórias da África

O livro “Quarto de Despejo” e suas questões jurídicas

  Ricardo Juozepavicius Pesquisador Em uma conjuntura tão conturbada em nosso país, em que as instituições e seus representantes protagonizam os noticiários e dominam os debates na esfera pública, é necessário que voltemos à realidade, que voltemos a nos chocar … Continuar lendo O livro “Quarto de Despejo” e suas questões jurídicas

Uma história que deu samba

Clementina de Jesus, Pixinguinha e João da Baiana “Recebemos a denúncia de que aqui se canta samba.” Com este tipo de aviso a polícia invadia os locais onde aconteciam principalmente manifestações religiosas de negros, prendendo pais e mães-de-santo. A crônica policial registrava as batidas, geralmente com deboche, e apoiava a ação policial, que atingia também os sambistas, já que era hábito cantar samba depois do culto religioso. O ato de portar um violão era motivo até de prisão, contou o compositor Donga ao pesquisador Hermínio Bello de Carvalho: “O fulano da polícia pegava o outro tocando violão, este sujeito estava … Continuar lendo Uma história que deu samba