Em nomes de animais brasileiros, a resistência tupi

Colonizadores tentaram renomeá-los: jaguar virou “onça”, tapir ficou “anta”. Alguns, viraram híbridos: lobo-guará, tamanduá-bandeira, sapo-cururu. Mas língua indígena venceu, por maioria esmagadora: sabiá, tamanduá, perereca, jabuti Por Sérgio Buarque de Gusmão Já nascida sob a suspeita de que mais vai servir … Continuar lendo Em nomes de animais brasileiros, a resistência tupi

A técnica e o fantasma do totalitarismo

Pensador chinês baseado em Hong Kong propõe opor, ao sentido único do “progresso”, a noção de Cosmotécnica. Significa reconhecer que derivam, de diferentes culturas, formas distintas e igualmente legítimas de ciência e tecnologia Yuk Hui, em entrevista ao Viento Sur, … Continuar lendo A técnica e o fantasma do totalitarismo

Podres de ricos investem no desastre social

ENTREVISTA ANTÔNIO CATTANI por Flavio Ilha    Economista, professor e um dos mais respeitados pesquisadores sobre a concentração de riqueza no mundo, Antonio David Cattani está lançando um novo livro. Em Ricos, podres de rico (Tomo Editorial, 96 páginas), disseca de forma … Continuar lendo Podres de ricos investem no desastre social

Brutalismo do Antropoceno

Entrevista com Achille Mbembe Brutalismo. A palavra refere-se, espontaneamente, a um movimento arquitetônico famoso pelo uso eficiente do concreto bruto. Ao optar por tomá-lo como o título de seu novo livro, Achille Mbembe propõe outro significado, ainda que o termo original continue ressoando em … Continuar lendo Brutalismo do Antropoceno

O colonialismo fez o mundo moderno. Vamos refazê-lo

É assim que a verdadeira ”descolonização” deveria ser Por Adom Getachew   Descolonize esse lugar!” “Descolonize a universidade!” “Descolonize o museu!” Nos últimos anos, a descolonização ganhou uma nova compreensão política – dentro das fronteiras das antigas potências coloniais. Movimentos indígenas … Continuar lendo O colonialismo fez o mundo moderno. Vamos refazê-lo

A esquerda e a direita segundo Ariano Suassuna

“Quem, na sua visão do social, coloca a ênfase na justiça, é de esquerda. Quem a coloca na eficácia e no lucro, é de direita”. Não concordo com a afirmação, hoje muito comum, de que não mais existem esquerda e … Continuar lendo A esquerda e a direita segundo Ariano Suassuna

A pandemia será capaz de desalienar as cidades?

Por 50 anos, especulação imobiliária e crença nos antibióticos afastaram urbanismo e arquitetura da busca por luz e ar. Agora, sabe-se que este divórcio foi trágico; e cresce a luta por parques, ruas sem carros, transportes públicos e ciclovias Por Anne … Continuar lendo A pandemia será capaz de desalienar as cidades?

Manifestações depois da morte de George Floyd representam a globalização da consciência sobre o racismo. Entrevista especial com Kabengele Munanga

“Temos lições a tirar dessa espontaneidade em massa”, diz o antropólogo, sobre protestos que reuniram pessoas de todas as cores e nacionalidades Por: João Vitor Santos| Edição: Patricia Fachin | 15 Junho 2020 A expansão das manifestações contra o racismo para vários … Continuar lendo Manifestações depois da morte de George Floyd representam a globalização da consciência sobre o racismo. Entrevista especial com Kabengele Munanga

O fim da globalização neoliberal

O mundo que virá depois do coronavírus deverá, para melhorar, regular os mercados, superar as desigualdades, voltar a ter economias produtivas, dar mais importância à ecologia e ao meio ambiente e dar maiores atribuições aos Estados Advertindo sobre o “fim … Continuar lendo O fim da globalização neoliberal

Pandemia: o que nos ensina o olhar de Milton Santos

“Na trilha do capitalismo, vírus primeiro afetou os centros econômicos; depois, proliferou pelas periferias — um homogeneização pela doença, nunca pela cura. Seria o desacelerar o princípio de outra globalização, como propunha o geógrafo?”, questiona Paul Clívilan Santos Firmino, doutorando em Geografia Humana na Universidade de São … Continuar lendo Pandemia: o que nos ensina o olhar de Milton Santos