Em meio a tanta destruição, outro mundo vem despontando

Por Silvia FedericiPublicado na Introdução de Reencantando o mundoImagem: Harvesting Corn, de Elizabeth Downer Riker Publicar um livro dedicado à política dos comuns pode parecer um sinal de ingenuidade, uma vez que estamos cercados de guerras, crises econômicas e ecológicas … Continuar lendo Em meio a tanta destruição, outro mundo vem despontando

Quando a guerra não salva mais o sistema. Artigo de Raúl Zibechi

“Estamos diante de algo que vai além das crises e é muito mais profundo: a decomposição do mundo que conhecemos, uma crise da civilização moderna, ocidental e capitalista, que é muito mais do que a crise do capitalismo entendido como … Continuar lendo Quando a guerra não salva mais o sistema. Artigo de Raúl Zibechi

Indígena não fala só Tupi

A força das línguas indígenas Só no Pará, são 34 línguas ancestrais. Ao decretar 2022 como o primeiro ano da Década das Línguas Indígenas, a Unesco quer tirar da invisibilidade uma enorme diversidade linguística Por Liana Melo | ODS 16 … Continuar lendo Indígena não fala só Tupi

Kuhikugu, civilização amazônica

A imagem é uma representação realistica de Kuhikugu, um grande complexo rural-urbano constituído de “cidades-jardins”, construído pelos ancestrais dos Kuikuros, povos indígenas que habitam a região do Xingu, em Mato Grosso (centro do Brasil), desde o ano 500 d.C. Com … Continuar lendo Kuhikugu, civilização amazônica

Profissionais em agroecologia: uma luta entre sonhos e formalizações

Cursos pelo país abrem caminhos a quem constrói o desenvolvimento territorial com respeito a cultura e biodiversidade Daniel Lamir06 de Janeiro de 2022 às 18:16 Ouça o áudio:Download A profissionalização agroecológica abre um leque de reconhecimento de diversas identidades sociais As propostas de uma sociedade mais agroecológica passam também pelo reconhecimento profissional na área. Atualmente, 43 cursos pelo país abrem um dos caminhos no dia a dia de quem constrói um desenvolvimento territorial respeitando culturas, relações sociais e biodiversidade. Os primeiros debates sobre a concepção científica na área são dos anos 1970, quando as ideias de “agroecologizar” seguiram os caminhos … Continuar lendo Profissionais em agroecologia: uma luta entre sonhos e formalizações

bell hooks, presente!

“Como uma estudante que chegou à graduação e à pós-graduação graças aos movimentos radicais por justiça social que abriram um espaço até então fechado, aprendi a me agarrar a comunidades, criando ligações em função de formação de raça, gênero, classe … Continuar lendo bell hooks, presente!

Para além de qualquer lógica de mercado. Artigo de Carlo Petrini

“Hoje necessitamos com urgência de uma consciência e de uma educação alimentar completamente diferente, porque só assim poderemos iniciar uma verdadeira transição ecológica e mudar o destino das gerações futuras”, escreve Carlo Petrini, fundador do Slow Food, ativista e gastrônomo, sociólogo e autor do livro Terrafutura (Giunti e … Continuar lendo Para além de qualquer lógica de mercado. Artigo de Carlo Petrini

Recuperando pensadores para os debates atuais: Darcy Ribeiro e Jaime Fuchs

“A recuperação de pensadores universais surgidos da experiência na região pode ajudar a sistematizar os novos problemas e desafios que se apresentam para nós com a atual crise civilizatória”, escreve Julio Gambina, economista argentino, em artigo publicado por Página/12, 09-06-2021. A tradução é do Cepat. Eis … Continuar lendo Recuperando pensadores para os debates atuais: Darcy Ribeiro e Jaime Fuchs

Adereço no ensino formal, Paulo Freire ganha vida nos movimentos sociais

No seu centenário, educador segue inspirando projetos alternativos de ensino e professores embora legado não influencie políticas públicas Por Taís Ilhéu  Era 27 de maio de 1991 e Paulo Freire assinava a carta de despedida que marcava o fim prematuro da … Continuar lendo Adereço no ensino formal, Paulo Freire ganha vida nos movimentos sociais