A técnica e o fantasma do totalitarismo

Pensador chinês baseado em Hong Kong propõe opor, ao sentido único do “progresso”, a noção de Cosmotécnica. Significa reconhecer que derivam, de diferentes culturas, formas distintas e igualmente legítimas de ciência e tecnologia Yuk Hui, em entrevista ao Viento Sur, … Continuar lendo A técnica e o fantasma do totalitarismo

Brutalismo do Antropoceno

Entrevista com Achille Mbembe Brutalismo. A palavra refere-se, espontaneamente, a um movimento arquitetônico famoso pelo uso eficiente do concreto bruto. Ao optar por tomá-lo como o título de seu novo livro, Achille Mbembe propõe outro significado, ainda que o termo original continue ressoando em … Continuar lendo Brutalismo do Antropoceno

O colonialismo fez o mundo moderno. Vamos refazê-lo

É assim que a verdadeira ”descolonização” deveria ser Por Adom Getachew   Descolonize esse lugar!” “Descolonize a universidade!” “Descolonize o museu!” Nos últimos anos, a descolonização ganhou uma nova compreensão política – dentro das fronteiras das antigas potências coloniais. Movimentos indígenas … Continuar lendo O colonialismo fez o mundo moderno. Vamos refazê-lo

A pandemia será capaz de desalienar as cidades?

Por 50 anos, especulação imobiliária e crença nos antibióticos afastaram urbanismo e arquitetura da busca por luz e ar. Agora, sabe-se que este divórcio foi trágico; e cresce a luta por parques, ruas sem carros, transportes públicos e ciclovias Por Anne … Continuar lendo A pandemia será capaz de desalienar as cidades?

O coronavírus, nosso contemporâneo

Nosso modo de viver gestou e difundiu o vírus. Agora, um muro civilizatório divide o tempo em antes e depois da pandemia. E entre os resignados, que creem na volta à “normalidade”, e os que apostam em reconstruir o mundo … Continuar lendo O coronavírus, nosso contemporâneo

Coronavírus – Entrevista com Jeremy Rifkin: “Estamos enfrentando a ameaça de extinção e as pessoas ignoram”

O sociólogo Jeremy Rifkin (Denver, EUA, 1945), que se define como ativista em favor de uma transformação radical do sistema baseado em petróleo e outros combustíveis fósseis, passou décadas exigindo uma mudança da sociedade industrial para mais modelos sustentável. Ele escreveu mais de vinte livros dedicados a propor fórmulas que garantam nossa sobrevivência no planeta, em equilíbrio com o meio ambiente e também com nossa própria espécie. Em sua opinião, qual o impacto da pandemia do COVID-19 no caminho para a terceira revolução industrial? Não podemos dizer que isso nos pegou de surpresa. Tudo o que está acontecendo conosco decorre das … Continuar lendo Coronavírus – Entrevista com Jeremy Rifkin: “Estamos enfrentando a ameaça de extinção e as pessoas ignoram”

A pandemia da Covid-19: entre Gaia e o Antropoceno. Artigo de Andityas Soares de Moura Costa Matos

“Só superaremos a crise pandêmica mediante a criação de sistemas políticos-econômicos-sociais que não sejam apenas isso, mas também naturais, de modo que se possa dar um fim ao Antropoceno enquanto marca da intrusão humana negativa no planeta, preparando assim a nossa reconciliação com Gaia. Uma … Continuar lendo A pandemia da Covid-19: entre Gaia e o Antropoceno. Artigo de Andityas Soares de Moura Costa Matos

Hora de outro modelo: a economia feminista

Nas últimas décadas, ultraliberalismo impôs o modelo agropecuário que pode ter gerado o novo vírus. Serviços sociais foram cortados e remédios e insumos hospitalares protegidos sob patente. Superar este projeto exige colocar a vida no centro Corre na internet um … Continuar lendo Hora de outro modelo: a economia feminista

A crise mostra a fragilidade do liberalismo. É hora de recomeçar pela solidariedade

“Não devemos entrar em pânico ou cair no medo irracional; pelo contrário, podemos trabalhar desde agora para reagir prontamente, para encontrar modos criativos de responder à crise, tentar olhar para o futuro com uma esperança razoável e bem fundamentada. Isso é … Continuar lendo A crise mostra a fragilidade do liberalismo. É hora de recomeçar pela solidariedade

A América Latina derrota a ilusão de identidade

Os colonizadores tentaram. Mas seu projeto de pureza, razão, ordem e centralismo sucumbiu à potência da natureza e da mestiçagem. Esta subversão histórica, e singular, deveria dizer algo aos movimentos emancipatórios contemporâneos OUTRASPALAVRAS DESCOLONIZAÇÕES por Ricardo Cavalcanti-Schiel Por Ricardo Cavalcanti-Schiel* | Imagem: Tarsila do Amaral, Batizado de Macunaíma(1956) Antes dos governos de Evo Morales na Bolívia, sobretudo nas duas últimas décadas do século XX e no primeiro lustro do século XXI, as organizações de base indígena do país (o que não deixa de incluir, apesar das marcas históricas específicas, as organizações de mineiros), quando queriam alçar seus protestos de modo mais contundente, lançavam mão de … Continuar lendo A América Latina derrota a ilusão de identidade