Em meio a tanta destruição, outro mundo vem despontando

Por Silvia FedericiPublicado na Introdução de Reencantando o mundoImagem: Harvesting Corn, de Elizabeth Downer Riker Publicar um livro dedicado à política dos comuns pode parecer um sinal de ingenuidade, uma vez que estamos cercados de guerras, crises econômicas e ecológicas … Continuar lendo Em meio a tanta destruição, outro mundo vem despontando

bell hooks, presente!

“Como uma estudante que chegou à graduação e à pós-graduação graças aos movimentos radicais por justiça social que abriram um espaço até então fechado, aprendi a me agarrar a comunidades, criando ligações em função de formação de raça, gênero, classe … Continuar lendo bell hooks, presente!

‘Cavalo de santo’: o legado invisível da cultura negra no Rio Grande do Sul

Filme de estreia da fotojornalista Mirian Fichtner mostra a resistência das religiões de matriz africana nos terreiros gaúchos Por Vinicius Barros | ODS 10 • Publicada em 16 de abril de 2021 – 10:30 • Atualizada em 20 de abril de 2021 – 10:49Cultura … Continuar lendo ‘Cavalo de santo’: o legado invisível da cultura negra no Rio Grande do Sul

Covid, a última herança do Colonialismo

Desde século XVI, impérios europeus produziram mudança antropológica abrupta. Capital converteu a agricultura, antes integrada aos ecossistemas, em commodities cultivadas nas colônias. Daí vieram o latifúndio, o agronegócio e… as pandemias! Por Rob Wallace, no New Internationalist  |Tradução: Simone Paz | Imagem: Federico Boyd Sulapas Dominguez O SARS-CoV-2, o … Continuar lendo Covid, a última herança do Colonialismo

“Conhecimento ancestral tem valor”, afirmam comunidades religiosas de matriz africana sobre a destruição do Rio Paraopeba

Representantes de povos tradicionais que vivem às margens do Paraopeba destruído contam a importância do rio para a perpetuação dos rituais e sobrevivência nos territórios por Coletivo de Comunicação MAB MG PCTRAMA é a sigla pela qual os povos e comunidades … Continuar lendo “Conhecimento ancestral tem valor”, afirmam comunidades religiosas de matriz africana sobre a destruição do Rio Paraopeba

O fascinante declínio do eurocentrismo por Antoni Aguiló — Blog da Consequência

Publicado originalmente em: outraspalavras.net Tradução de Simone Paz Hernández | Imagem: Arte arborígine da Oceania Filósofo, colunista e pesquisador do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra nas áreas de filosofia, política e sexualidade, além de defensor dos direitos LGBTQIA+, Antoni Aguiló é também uma das vozes mais visíveis e exigentes da comunidade filosófica da Ilhas Baleares (na Catalunha). Lá, trabalha pela produção de um pensamento filosófico de orientação crítica e descolonizadora, combinando filosofia política com abordagens contemporâneas, como as epistemologias do Sul Global propostas por Boaventura de Sousa Santos — de quem Antoni é um estreito colaborador. Eles publicaram em 2019, a quatro mãos o ensaio-conversa Aprendizados globais: … Continuar lendo O fascinante declínio do eurocentrismo por Antoni Aguiló — Blog da Consequência

Umbanda: a longa resistência do sagrado brasileiro

O Brasil oficial tenta enterrar sua religião mais originária — por não querer se enxergar complexo. A Umbanda recria, no plano simbólico, uma realidade fragmentada. A gira não é só um ato de fé: é alternativa à história dos poderosos Por Fran Alavina Por ocasião … Continuar lendo Umbanda: a longa resistência do sagrado brasileiro

Brutalismo do Antropoceno

Entrevista com Achille Mbembe Brutalismo. A palavra refere-se, espontaneamente, a um movimento arquitetônico famoso pelo uso eficiente do concreto bruto. Ao optar por tomá-lo como o título de seu novo livro, Achille Mbembe propõe outro significado, ainda que o termo original continue ressoando em … Continuar lendo Brutalismo do Antropoceno

O colonialismo fez o mundo moderno. Vamos refazê-lo

É assim que a verdadeira ”descolonização” deveria ser Por Adom Getachew   Descolonize esse lugar!” “Descolonize a universidade!” “Descolonize o museu!” Nos últimos anos, a descolonização ganhou uma nova compreensão política – dentro das fronteiras das antigas potências coloniais. Movimentos indígenas … Continuar lendo O colonialismo fez o mundo moderno. Vamos refazê-lo