YACOUBA, O AGRICULTOR QUE SEMEOU O DESERTO, GANHA O NOBEL ALTERNATIVO.

 

Yacouba Sawadogo

Yacouba Sawadogo, um nome praticamente desconhecido. Por seus méritos, este agricultor conquistou o chamado “Prêmio Nobel Alternativo”. Ele não descobriu novas proteínas nem ensinou em universidades de prestígio, onde realizou pesquisas. Mas ele está dedicando sua vida em replantar o deserto, plantando árvores onde antes só havia terra seca. Por isso, ele recebeu o prestigioso prêmio.

Algum tempo atrás nós já tínhamos contado sua história aqui:

Yacouba conseguiu transformar a terra estéril de onde vivia em um lugar cheio de vida, demonstrando como os agricultores podem regenerar o solo com o uso inovador de um conhecimento local e indígena.

O anúncio veio na véspera da entrega dos mais famosos Prêmios Nobel. O Right Livelihood Award 2018, o Alternative Nobel, é concedido pela Right Livelihood Award Foundation, que com este reconhecimento apoia pessoas e organizações corajosas que oferecem soluções visionárias e exemplares para resolver problemas globais.

Yacouba, o homem que semeou o deserto

Desde 1980, durante um período de seca severa, Sawadogo deu vida entre Burkina Faso e Níger a mais de 40 hectares de florestas em terras anteriormente estéreis e abandonadas. Hoje, mais de 60 espécies de árvores e arbustos prosperam. Esta é, sem dúvida, uma das florestas mais diversificadas plantadas e geridas por um agricultor do Sahel.

Um milagre tecnológico? Muito pelo contrário. Sawadogo na verdade se inspirou no conhecimento da tradição, incluindo experimentações com poços para a conservação do solo, da água e da biomassa chamados “zaï” no idioma local. O agricultor continuou inovando a técnica ao longo dos anos, aumentando as plantações e plantando árvores com sucesso.

Os zaï ajudam a conservar a água da chuva e melhoram a fertilidade do solo. Isso permite que os agricultores produzam colheitas mesmo em anos de seca. As árvores plantadas em conjunto com as culturas são usadas para enriquecer a terra, produzir forragem para o gado e criar oportunidades comerciais, como a apicultura. Soluções que ajudam os agricultores a se adaptarem às mudanças climáticas, reduzir a pobreza rural e impedir conflitos locais pela água.

“Estou muito honrado em receber o prêmio Right Livelihood Award, que me permitirá perseverar em meus esforços para proteger a floresta e a vida selvagem. Espero que a legitimidade desse prêmio possa ajudar a inspirar e encorajar muitos outros a regenerar suas terras para benefício da natureza, comunidades locais e gerações futuras” são as suas palavras.

yacouba 2

No início, o homem teve que enfrentar a resistência das populações locais, que até queimaram algumas florestas, mas nunca pensou em desistir. Com o tempo, seu trabalho tem sido cada vez mais admirado e Sawadogo sempre esteve animado para compartilhar seu conhecimento, organizando cursos de treinamento para ajudar os agricultores a regenerarem suas terras.

Como resultado, dezenas de milhares de hectares de terra gravemente degradada foram restaurados para a produtividade em Burkina Faso e no Níger. Ole von Uexkull, Diretor Executivo da Fundação, comentou:

“Yacouba Sawadogo prometeu semear o deserto e fez isso: se as comunidades locais e os especialistas internacionais estiverem prontos para aprender com sua sabedoria, será possível regenerar vastas áreas de terras degradadas, diminuir a migração forçada e construir a paz na região”.

yacouba 3

O outro Nobel Alternativo

Além de Sawadogo, a Fundação concedeu mais dois prêmios em dinheiro para os seguintes vencedores:

Os defensores dos direitos humanos Abdullah al-Hamid, Mohammad Fahad al-Qahtani e Waleed Abu al-Khair (Arábia Saudita);

O agrônomo Tony Rinaudo (Austrália);

O Prêmio Honorário 2018 foi concedido à Thelma Aldana (Guatemala) e Iván Velásquez (Colômbia), que lutaram contra a corrupção. O prêmio em dinheiro será usado para apoiar seus trabalhos bem sucedidos, e não para uso pessoal.

Grandes homens e mulheres que estão realmente tentando mudar o mundo.

greenMe

25 comentários sobre “YACOUBA, O AGRICULTOR QUE SEMEOU O DESERTO, GANHA O NOBEL ALTERNATIVO.

  1. Ações isoladas como as de Sawadogo são dignas de nota, mas pelo que eu sei, está sendo construído na região do Sahel, entre as costas leste e oeste da África uma grande muralha verde, que irá ajudar a diminuir a seca e a fome da região.

    Curtir

  2. É admirável e estimulante vermos ações como essas. Eu me sinto renovado em ânimo e espírito, pois esse é o caminho da sobrevivência de nossa espécie.

    Curtir

  3. Realmente, em 15 anos haverá uma floresta. Ele não pensou nesse tempo, nem nas dificuldades, simplesmente plantou e cuidou. E viu que era bom….e insistiu e…viu que era bom….Prêmio mais que merecido. Celina

    Curtir

  4. Uma lição para os senhores da Terra em Portugal, desde as grandes empresas florestais ate aos grandes proprietários agropecuários, na sua grande maioria, pesudo católicos obssessivo-compulsivos com tiques ditatoriais e obedecendo a regras de poder medievais, em Portugal, tendo sob a sua ordem obtusa muitas autoridades judiciais, usando as catástrofes ambientais como formas de poder infantil.

    Curtir

  5. Uma atitude proativa, só uma atitude, a fazer toda diferença para a coletividade e o planeta!
    Imagina do que não seríamos capazes, tod@s nós, que respeitamos a vida: do meio ambiente à humanidade…

    Curtido por 1 pessoa

  6. Meu nome é Marli ……Um verdadeiro exemplo de amor a vida , lhe agradeço desde aqui do Brasil, onde temos tanta natureza que está sendo destruída pela ganância de homens e mulheres sem consciência da importância da vida das florestas. Sou muito grata , por essa dedicação e me incentivo a continuar aqui onde vivo a plantas , mais é mais árvores ,…já fazemos isto eu e meu marido em nossa propriedade que é pra mim um santuário …feliz por tudo isso que posso saber de ti Yacouba.grata!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s