Encontro de Saberes coloca Mestres das Culturas Populares como docentes de universidades federais

10410998_10202783891578353_6405539650032408513_n

Eduardo Sejanes Cezimbra

Leito de Procusto ou Procustes era uma cama de ferro em que  lendário bandido grego colocava suas vítimas e onde cortava ou esticava os membros das vítimas para deixar do mesmo tamanho do leito.

Ontem (22/10/2014), após o Encontro de Saberes – Incti CNPq UnB no Salão de Ações Afirmativas da UFRGS veio à minha cabeça esta figura para ilustrar o quanto as chamadas  disciplinas científicas ainda colocam seus membros em um Leito de Procusto acadêmico.

A grande contribuição de pesquisadores como Boaventura  de Sousa Santos, Edgar Morin e José Jorge de Carvalho é salvar as incautas vítimas desta deformação acadêmica através da Ecologia de Saberes, da Complexidade e de uma Pluriepistemologia, sem esquecer uma urgente Reforma da Universidade, no caso do Brasil, ainda posta a ferros pelo modelo departamental norte-americano imposto pela ditadura militar de 1964.

O Encontro dos Saberes é um excepcional projeto do antropólogo José Jorge de Carvalho, da UnB, que  coloca como docentes de universidades brasileiras os mestres e mestras indígenas, quilombolas e das culturas populares em suas variadas contribuições ao saber  que possibilita uma Ecologia dos Saberes com a devida alfabetização e descolonização culturais.

Boaventura de Sousa Santos chama de “Epistemologia do Sul”  esta integração do conhecimento acadêmico com a sabedoria tradicional e popular.

Anúncios

Um comentário sobre “Encontro de Saberes coloca Mestres das Culturas Populares como docentes de universidades federais

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s